This site uses cookies. Some are essential while others improve your browsing experience and allow us to advertise. For more info visit the privacy policy page.

Allow inessential cookies for:

Dina preferenser har uppdaterats

Turismo em Aruba

Com clima perfeito, grande hospitalidade e praias espetaculares, não é surpresa que Aruba seja sinônimo de turismo.

Nos anos 1920, Aruba recebia apenas alguns visitantes. Entre 1924 e 1928, cerca de 200 iates, barcos a motor e petroleiros foram registrados, trazendo executivos americanos e turistas para a ilha.

Por muitos anos desde a sua inauguração em 1924 a Refinaria de Petróleo Lago era a fonte principal de empregos na ilha de Aruba. Entretanto, nos anos 1950, devido à automação, muitos funcionários perderam seus empregos. Para impulsionar a economia, procurou-se uma indústria nova e o governo holandês propôs a opção mais viável—o turismo.

Em 1947, a Aruba Tourist Commission foi estabelecida para promover e direcionar o turismo na ilha, com Ernst Bartels no comando. Em 1953, a comissão se transformou oficialmente no Aruba Tourist Bureau (ATB). Era uma pequena organização com apenas dois funcionários: Ernst Bartels continuou na chefia, auxiliado por Casper Wever. O ATB continuou o trabalho vital de promover Aruba como um destino turístico, especialmente nos Estados Unidos, um dos mercados principais para o Caribe.

O Caribbean Hotel, primeiro hotel resort de vários andares em Aruba, abriu suas portas em 1959, transformando-se rapidamente no refúgio favorito dos VIPs do mundo inteiro. Daquela época até 1977, o número de hotéis aumentou para 16, com cinco deles abrigando orgulhosamente seus próprios casinos, e o número total de quartos alcançou 2.148 unidades.

O turismo nos anos 1980 & 1990

Em janeiro de 1983, a empresa Sasaki Associates, sediada nos Estados Unidos, assistida por várias agências governamentais, concluiu um estudo de seis meses lidando com o desenvolvimento do principal corredor de turismo de Aruba—a área costeira que vai de Oranjestad até a Ponta do Farol Califórnia no canto noroeste da ilha. Com suas praias largas, água do mar quente e terreno bom para construir, esta área passou a ser o foco do crescimento do turismo de Aruba. Grandes investimentos do governo em rodovias, hidrovias e outras infraestruturas facilitaram a construção de resorts em larga escala.

Quando a nova malha rodoviária foi construída, tomou-se muito cuidado para proteger as áreas ambientalmente sensíveis, incluindo as formações geológicas únicas e as dunas de Arashi/Ponta do Farol Califórnia, bem como várias planícies de sal que servem como lar de animais selvagens durante os períodos chuvosos. Em geral, os construtores procuraram preservar a beleza da paisagem desértica existente e a vegetação nativa.

Em 1984, o turismo era um setor bem desenvolvido da economia de Aruba, atrás somente da indústria de refino do petróleo em termos de sua contribuição para o produto interno produto. Em 1985, o fechamento da refinaria de petróleo, resultante da queda do valor de mercado e cortes no fornecimento de petróleo venezuelano, teve um grande impacto na economia arubiana. Em 1986, Aruba alcançou seu Estado Especial, retirando-se das Antilhas Holandesas e tornando-se uma entidade autônoma dentro do Reino dos Países Baixos Foi dentro desse contexto que o turismo tomou a dianteira como a maior força econômica de Aruba.

Após o fechamento da Lago Oil Refinery em 1985, o governo de Aruba decidiu investir no turismo como o principal pilar econômico da ilha e substituiu o ATB pela recém-criada Aruba Tourism Authority (ATA) em 1986. ATA cresceu em importância, concentrando-se em abrir novos mercados e expandir suas atividades de marketing.

No período de 1986 a 1996, o turismo em Aruba cresceu quase o dobro da taxa de turismo no Caribe inteiro. A partir de 1986, quando a construção dos hotéis foi retomada, até 1991, o número total de quartos mais que dobrou, de 2.776 para 5.625. Durante este período, o número de timeshares também aumentou cinco vezes, aproximadamente, de 337 unidades para 1.967 unidades. No final de 1996, havia 7.103 quartos, dos quais 2.272 eram unidades em regime de timeshare.

A refinaria foi reaberta em 1990 pela Coastal, mas o turismo continuou sendo o pilar da economia de Aruba, gerando a maior parte das receitas de exportação da ilha. O governo exerceu um papel fundamental no crescimento do turismo ao destinar recursos consideráveis para aumentar as receitas e criar empregos, desenvolver uma infraestrutura básica para atender os hotéis e outras instalações turísticas e apoiar diretamente a expansão das acomodações para os turistas através da propriedade parcial de três hotéis, totalizando 600 quartos.

Turismo Hoje

Os hotéis estão concentrados em duas áreas principais: a área de prédios altos em Palm Beach e a área de prédios baixos em Eagle Beach e Punta Brabo. A maioria dos hotéis de hoje é de propriedade de estrangeiros e muitos deles são marcas internacionais. Apesar do seu aumento na capacidade hoteleira, Aruba usufrui de uma das mais altas taxas de ocupação de hotéis no Caribe, com uma média de 75% o ano inteiro. A popularidade de Aruba tem se mantido constante, não só pela combinação perfeita de sol, areia, mar, mas também pela hospitalidade do seu povo, seu alto nível de segurança, estabilidade política e sucesso em vários nichos como atividades, vida noturna, compras e restaurantes.

O aeroporto, construído em 1972 e ampliado em 1987, foi modernizado recentemente e ampliado novamente. A imigração dos EUA chegou em 1988 e a alfândega dos EUA em 2000, construindo uma edificação de última geração somente para as partidas para os EUA. Essa instalação dedicada permite que os voos diretos de/para os EUA passem pela imigração e alfândega em Aruba—uma enorme benção para os que viajam para os Estados Unidos.

Aruba é um lugar que os apaixonados pelo

A localização privilegiada da ilha, além da grande riqueza submarina fazem com que qualquer pessoa que ame mergulhar fiq…


O turismo em Aruba não é apenas o nosso meio de vida; também se tornou parte de nossa identidade como comunidade. A educação da nossa juventude a respeito da importância do turismo de Aruba criou uma atitude voltada para o serviço e o acolhimento entre o nosso povo. Muitos dos nossos visitantes vêm pelas lindas praias de alabastro, mas eles voltam porque saíram da ilha com um sentimento de família.

Mais sobre Aruba

Guia Rápido

Guia Rápido sobre Aruba

Guia Rápido sobre Aruba

Aluguel De Apartamentos Em Aruba

Guia Completo De Aluguel De Imóveis por Temporada Em Aruba

Guia Completo De Aluguel De Imóveis por Temporada Em Aruba