This site uses cookies. Some are essential while others improve your browsing experience and allow us to advertise. For more info visit the privacy policy page.

Allow inessential cookies for:

Dina preferenser har uppdaterats

Tenho que tomar a Vacina contra Febre Amarela para ir a Aruba?

A resposta para a sua pergunta é SIM. E, como sabemos que são muitas as dúvidas a respeito do tema da vacina.

RIU Palace Antillas

Criamos aqui uma lista de perguntas e respostas para você que vai para a Ilha Feliz!

 

Porque se implementou essa medida?

Por segurança e por diretrizes da Organização Mundial da Saúde, o Ministério da Saúde de Aruba vai começar a solicitar, a partir do dia primeiro de março de 2018, o Certificado Internacional de Vacinação  ou Profilaxia (CPIV), mais conhecido como o Livro Amarelo que comprova a vacina contra a febre amarela dos passageiros provenientes de: Argentina, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Brasil, Venezuela, Paraguai, Panamá, Guiana Francesa, Guiana, Suriname, Trinidade e Tobago, Angola, Benim, Burkina Faso, Burundi, Camarões, República Centro-Africana, Chade, Congo, República Democrática do Congo, Costa do Marfim, Guiné Equatorial, Etiópia, Gabão, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Quénia, Libéria, Mali, Mauritânia Nigéria, Nigéria, Senegal, Serra Leoa, Sudão do Sul, Sudão, Togo e Uganda.

 

Quando devo me vacinar?

  • É preciso vacinar pelo menos 10 dias antes da data de viagem, pois o cartão de vacinação terá validade a partir do decimo dia.
  • Se a vacina tiver mais de 10 anos, ou menos, e o passageiro ainda tiver o documento com a data da aplicação da vacina de febre amarela, ele não precisará ser vacinado novamente.
  • Se o passageiro perder ou extraviar o cartão de vacinação, deverá fazer o processo de vacinação novamente. Isso não causará efeitos secundários.

Onde devo apresentar o cartão de vacinação?

  • O cartão de vacinação deve ser apresentado antes de viajar para Aruba na companhia aérea. O cartão também será solicitado na imigração ao chegar na Ilha – Departamento de Imigração, Segurança e Alarme de Aruba (IASA).

Vou viajar de cruzeiro ou o meu voo tem uma conexão em Aruba; devo apresentar o cartão de vacinação?

  • Se você tem uma conexão em Aruba ou vai em um cruzeiro que estará menos de 24 horas em Aruba, não precisará apresentar a vacina.

Quando o regulamento entrará em vigor?

  • O regulamento entrará em vigor, com a solicitação do cartão amarelo de vacinação contra a febre amarela, a partir do dia primeiro de março de 2018 para todos os passageiros que viajam de algum dos países listados anteriormente.

A obrigação de apresentar o cartão amarelo de vacinação também se aplica para a tripulação da cabine, pessoal administrativo terrestre em trânsito/tempo de descanso da tripulação /visitas de estação?

  • Em trânsito não é necessário
  • O pessoal da tripulação e pessoal da administração aérea (tempo de descanso da tripulação e visitas de estação): Sim. Com exceção daqueles que estiverem em países considerados de risco e permaneceram pelo menos 6 dias sem apresentar a doença.

A medida afeta os passageiros latino-americanos ou africanos que moram na Europa ou nos Estados Unidos e viajam para Aruba?

  • Se os passageiros nasceram nas zonas consideradas como de risco, porém, moram nos Estados Unidos ou na Europa, não precisam apresentar o cartão de vacinação na viajem para Aruba.
  • Se moram na Europa ou nos Estados Unidos, porém, viajam partindo dos países catalogados como de alto risco de contágio da febre amarela para Aruba, precisarão apresentar o cartão amarelo de vacinação, com exceção de:
  1. Passageiros que estiveram em países considerados de risco e estão de conexão em Aruba. Isso também inclui aqueles que permanecem menos de 24 horas em Aruba.
  2. Passageiros que viajam para Aruba e estiveram em conexão nos países considerados de alto risco (em seus aeroportos ou portos marítimos)
  3. Passageiros que estiveram em países considerados de risco antes de ir a Aruba e permaneceram pelo menos 6 dias e não apresentaram a doença.

As mulheres grávidas ou em período de amamentação também precisam ser vacinadas contra a febre amarela?

As mulheres grávidas que viajam a Aruba partindo dos países de risco que não puderem adiar ou cancelar a viagem, devem ser vacinadas, porém, consultado o médico com antecedência. Nos casos em que não possam ser vacinadas, devem apresentar um relatório médico vigente e selado.

Importante destacar para companhias aéreas e cruzeiros:

  • As mesmas regras que são aplicadas aos passageiros, também se aplicam à tripulação da cabine e à administração aérea.
  • Independente de todos os requisitos, é recomendado que todos os membros da tripulação sejam vacinados.
  • Todos os detalhes relacionados às exceções a este requisito (incluindo os pontos a, b e c mencionados anteriormente) estão incluídos no TIMATIC.

Algumas outras exceções à vacinação contra febre amarela:

  • Crianças com menos de 9 meses
  • Pessoas maiores de 60 anos
  • Histórico de reação de hipersensibilidade aguda a qualquer componente da vacina (incluindo: gelatina, ovos, produtos derivados do ovo, proteína de frango)
  • Pessoas com distúrbios do timo
  • Pessoas com o sistema imunológico comprometido: infecção sintomática causada pelo HIV ou AIDS, neoplasias malignas, doenças de imunodeficiência primária, radioterapia

Se o passageiro apresenta alguma dessas contraindicações médicas para a vacinação contra a febre amarela, deve apresentar um relatório médico atualizado antes da data da viagem.