This site uses cookies. Some of these are essential while others help to improve your experience through insights into how the site is being used. For more information please visit the privacy & cookie policy page.

Allow non-essential cookies for:

Your preferences have been updated.

Tenho que tomar a Vacina contra Febre Amarela para ir a Aruba?

A resposta para a sua pergunta é SIM. E, como sabemos que são muitas as dúvidas a respeito do tema da vacina.

Criamos aqui uma lista de perguntas e respostas para você que vai para a Ilha Feliz!

 

Porque se implementou essa medida?

Por segurança e por diretrizes da Organização Mundial da Saúde, o Ministério da Saúde de Aruba vai começar a solicitar, a partir do dia primeiro de março de 2018, o Certificado Internacional de Vacinação  ou Profilaxia (CPIV), mais conhecido como o Livro Amarelo que comprova a vacina contra a febre amarela dos passageiros provenientes de: Argentina, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Brasil, Venezuela, Paraguai, Panamá, Guiana Francesa, Guiana, Suriname, Trinidade e Tobago, Angola, Benim, Burkina Faso, Burundi, Camarões, República Centro-Africana, Chade, Congo, República Democrática do Congo, Costa do Marfim, Guiné Equatorial, Etiópia, Gabão, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Quénia, Libéria, Mali, Mauritânia Nigéria, Nigéria, Senegal, Serra Leoa, Sudão do Sul, Sudão, Togo e Uganda.

 

Quando devo me vacinar?

  • É preciso vacinar pelo menos 10 dias antes da data de viagem, pois o cartão de vacinação terá validade a partir do decimo dia.
  • Se a vacina tiver mais de 10 anos, ou menos, e o passageiro ainda tiver o documento com a data da aplicação da vacina de febre amarela, ele não precisará ser vacinado novamente.
  • Se o passageiro perder ou extraviar o cartão de vacinação, deverá fazer o processo de vacinação novamente. Isso não causará efeitos secundários.

Onde devo apresentar o cartão de vacinação?

  • O cartão de vacinação deve ser apresentado antes de viajar para Aruba na companhia aérea. O cartão também será solicitado na imigração ao chegar na Ilha – Departamento de Imigração, Segurança e Alarme de Aruba (IASA).

Vou viajar de cruzeiro ou o meu voo tem uma conexão em Aruba; devo apresentar o cartão de vacinação?

  • Se você tem uma conexão em Aruba ou vai em um cruzeiro que estará menos de 24 horas em Aruba, não precisará apresentar a vacina.

Quando o regulamento entrará em vigor?

  • O regulamento entrará em vigor, com a solicitação do cartão amarelo de vacinação contra a febre amarela, a partir do dia primeiro de março de 2018 para todos os passageiros que viajam de algum dos países listados anteriormente.

A obrigação de apresentar o cartão amarelo de vacinação também se aplica para a tripulação da cabine, pessoal administrativo terrestre em trânsito/tempo de descanso da tripulação /visitas de estação?

  • Em trânsito não é necessário
  • O pessoal da tripulação e pessoal da administração aérea (tempo de descanso da tripulação e visitas de estação): Sim. Com exceção daqueles que estiverem em países considerados de risco e permaneceram pelo menos 6 dias sem apresentar a doença.

A medida afeta os passageiros latino-americanos ou africanos que moram na Europa ou nos Estados Unidos e viajam para Aruba?

  • Se os passageiros nasceram nas zonas consideradas como de risco, porém, moram nos Estados Unidos ou na Europa, não precisam apresentar o cartão de vacinação na viajem para Aruba.
  • Se moram na Europa ou nos Estados Unidos, porém, viajam partindo dos países catalogados como de alto risco de contágio da febre amarela para Aruba, precisarão apresentar o cartão amarelo de vacinação, com exceção de:
  1. Passageiros que estiveram em países considerados de risco e estão de conexão em Aruba. Isso também inclui aqueles que permanecem menos de 24 horas em Aruba.
  2. Passageiros que viajam para Aruba e estiveram em conexão nos países considerados de alto risco (em seus aeroportos ou portos marítimos)
  3. Passageiros que estiveram em países considerados de risco antes de ir a Aruba e permaneceram pelo menos 6 dias e não apresentaram a doença.

As mulheres grávidas ou em período de amamentação também precisam ser vacinadas contra a febre amarela?

As mulheres grávidas que viajam a Aruba partindo dos países de risco que não puderem adiar ou cancelar a viagem, devem ser vacinadas, porém, consultado o médico com antecedência. Nos casos em que não possam ser vacinadas, devem apresentar um relatório médico vigente e selado.

Importante destacar para companhias aéreas e cruzeiros:

  • As mesmas regras que são aplicadas aos passageiros, também se aplicam à tripulação da cabine e à administração aérea.
  • Independente de todos os requisitos, é recomendado que todos os membros da tripulação sejam vacinados.
  • Todos os detalhes relacionados às exceções a este requisito (incluindo os pontos a, b e c mencionados anteriormente) estão incluídos no TIMATIC.

Algumas outras exceções à vacinação contra febre amarela:

  • Crianças com menos de 9 meses
  • Pessoas maiores de 60 anos
  • Histórico de reação de hipersensibilidade aguda a qualquer componente da vacina (incluindo: gelatina, ovos, produtos derivados do ovo, proteína de frango)
  • Pessoas com distúrbios do timo
  • Pessoas com o sistema imunológico comprometido: infecção sintomática causada pelo HIV ou AIDS, neoplasias malignas, doenças de imunodeficiência primária, radioterapia

Se o passageiro apresenta alguma dessas contraindicações médicas para a vacinação contra a febre amarela, deve apresentar um relatório médico atualizado antes da data da viagem.